9 de abr de 2007

TECIDO PARA BORDAR



Tecidos para o bordado

ETAMINE - indicado para principiantes, pois os fios formam blocos (quadradinhos) bem definidos, que facilitam a contagem dos pontos. O etamine poderá Ter 4, 5, 6, 7 ou 8 pontos por cm. No caso de bordar no etamine de 4 pontos por cm o motivo ficará bem maior do que se bordar do tecido de 8 pontos por cm.

CÂNHAMO - FINO - com variação na espessura dos fios, tem trama fechada, indicado para motivos delicados, nesse caso, cada ponto é trabalhado sobre dois fios na horizontal e dois na vertical. GROSSO - esse tipo de cânhamo tem fios encorpados e de fácil contagem, é recomendado para execução de peças mais estruturadas, como cortinas, sacolas, jogos americanos, mantas de sofá.

PANAMÁ - a trama com três fios torcidos, é semelhante à do cânhamo, só que mais fechada. Conhecido também como linhão, é indicado para a confecção de almofadas, quadros, cortinas.

LINHO - de trama mais fechada que a do cânhamo, é ideal para trabalhos finos e requintados, exige habilidade da bordadeira, pois os pontos devem ser homogêneos, não podendo repuxar os pontos tornando-os desiguais e comprometendo o resultado. Neste tecido trabalha-se com um fio de linha na agulha, é necessário ter vista boa, pois a trama do tecido é muito fechada e irregular, o ponto é trabalhado como no cânhamo fino, enlaçando a agulha em dois fios na horizontal e dois na vertical.

TALAGARÇA PLÁSTICA - é o material mais moderno para bordados e oferece várias possibilidades. Trata-se de uma folha plástica, com uma grade perfurada, é de fácil manuseio e a trama não deforma. Não precisa moldura e as pontas não desfiam. Pode ser usada na confecção de porta copos, toalhinhas, imã de geladeira, lembrancinhas ou para a confecção de objetos tridimensionais, como caixinhas ou porta lápis

Informações para bordar ponto de cruz: • Dê preferência aos tecidos de trama regular, cujos furinhos, visualmente formam um quadrado perfeito, para evitar a deformação do motivo a ser bordado. Verifique também se os fios que compõem a trama são claramente visíveis para facilitar a contagem dos pontos. • Para iniciar um bordado de ponto de cruz em tecido cortado (etamine ou cânhamo por exemplo.), verifique se o tecido foi cortado seguindo a trama do fio, para que o acabamento na bainha fique reto. • Antes de iniciar o bordado, alinhave as bainhas para não desfiar. Você pode fazer a bainha de seus trabalhos com pontos invisíveis, para ficar mais delicadoe bonito. • Depois de acertar as beiradas do tecido, marque o centro com pontos de alinhavo usando fio colorido. • Conte os pontos do gráfico escolhido e marque o espaço que o mesmo vai ocupar no tecido. • Comece a bordar a partir do centro do motivo. Observe para que todos os pontos sejam bordados para o mesmo lado. • Para um melhor resultado no visual do seu trabalho, borde todos os pontos com a mesma tensão. Não aperte muito o ponto, pois isto causará ondulações no tecido ao redor do bordado. • Lave as mãos freqüentemente durante o trabalho. A gordura natural das mãos pode sujar os fios de bordar e o tecido. • Quando começar a bordar, evite fazer nós no verso. Segure a ponta do fio com os dedos pelo lado de baixo do tecido e cubra-o com os pontos de bordado seguintes. Para finalizar um fio, passe a agulha por alguns pontos bordados, pelo lado de baixo, puxe o fio e corte rente ao tecido. • Se o fio de bordar ficar torcido, segure o seu trabalho no ar, e deixe a agulha pendurada para o fio se distorcer. • Evite cruzar fios da mesma cor de uma área para outra, no verso do trabalho; para ficar um trabalho mais limpo, arremate o fio e comece novamente na outra área. • Se você errar alguns pontos, faça a correção logo que perceber o erro. A melhor maneira de desmanchar um bordado, é tirar o fio da agulha e desfazer cuidadosamente, ponto por ponto, com o auxílio da própria agulha. • Quando bordar o tecido para colocar em quadro com vidro, sugerimos lavar o trabalho antes de emoldurar. A gordura que passa das suas mãos para o trabalho, com o tempo poderá manchá-lo.

Nenhum comentário: